Diad é um contraceptivo de emergência que pode ser usado para evitar a gravidez após um coito desprotegido ou quando há falha conhecida ou suspeita de um método contraceptivo. Para obter a máxima eficácia, o primeiro comprimido deve ser tomado o mais breve possível, dentro de 72 horas (três dias) após coito. O segundo comprimido deve ser tomado 12 horas após o primeiro. Como um contraceptivo de emergência, Diad é indicado:
    - quando nenhum contraceptivo foi usado;
    - quando um método contraceptivo possa ter falhado, incluindo: ruptura, deslizamento ou emprego incorreto da camisinha; desalojamento, rompimento ou remoção antecipada do diafragma ou do tampão; falha na interrupção do coito (por ex.: ejaculação na vagina ou na genitália externa); cálculo incorreto do método periódico de abstinência; expulsão do DIU e pílulas contraceptivas orais regulares tomadas de forma inadequada em um ciclo;
    - em casos de estupro.

    Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado. Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico.

    Leia a bula.

    DIA D 0,75 MG 02COMP (PÍLULA DO DIA SEGUINTE) É UM MEDICAMENTO.
    SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
    Informações Importantes

     

    Ficha Técnica
    Top