Gynopac (tioconazol, tinidazol e secnidazol) é indicado no tratamento de vulvovaginites (infecções e inflamações da vulva – região externa dos genitais femininos - e da vagina) causadas por Candida, Trichomonas e Gardnerella, isoladas ou mistas.

 

Gynopac tem ação efetiva na eliminação dos germes mais frequentemente encontrados nas infecções da vulva (região externa dos genitais femininos) e da vagina, isoladamente ou associados: Candida albicans (um tipo de fungo), Trichomonas vaginalis (um protozoário) e Gardnerella vaginalis (bactéria).

 

Quando não devo usar este medicamento: 

 

Você não deve utilizar Gynopac nas seguintes condições: Quadro atual ou antecedente de distúrbios da coagulação do sangue; distúrbios neurológicos orgânicos (distúrbios do sistema nervoso); primeiro trimestre de gravidez; durante a amamentação. O tinidazol e o secnidazol podem ser encontrados no leite materno e podem estar presente por mais de 72 horas após a administração. As mulheres não devem amamentar durante e pelo menos três dias após ter descontinuado o tratamento. Hipersensibilidade (alergia) ao tioconazol, ao tinidazol, ao secnidazol ou a outros derivados imidazólicos, a qualquer agente antimicrobiano derivado do 5-nitroimidazol ou a qualquer componente da fórmula.


 

GYNOPAC 4 COMPRIMIDOS CREME VAGINAL 7 APLICADORES É UM MEDICAMENTO.
SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
Informações Importantes

 

Ficha Técnica
Top